Manchetes do dia

Outro dirigente sindical do Partido Comunista da Venezuela sequestrado e assassinado!


Republicamos denúncia do Partido Comunista da Venezuela.

Em menos de três meses depois do assassinato do comunista José Urbina, famoso líder popular no estado de Apure, o companheiro Juan de Dios Hernández, ativista do Partido Comunista da Venezuela, na cidade de Puerto Paes, foi sequestrado e assassinado. Juan de Dios Hernandez e José Urbina trabalhavam na mesma célula do PCV e foram mortos na mesma cidade.

O Partido Comunista da Venezuela exige que as autoridades venezuelanas investiguem exaustivamente os assassinatos de comunistas nos estados de Apure, Merida e Tachira. “Diante da opinião pública nacional e internacional, condenamos o assassinato de nossos ativistas com a indiferença das autoridades e sem uma investigação oportuna. Chega de silêncio das autoridades e de negar acesso à justiça aos militantes assassinados pelo PCV !"

A Folha do Trabalhador se soma a campanha de denúncia do PCV contra o assassinato de seus militantes e dirigentes sindicais. Exigimos do governo Maduro e das autoridades locais imediato pronunciamento sobre o caso e o direito a justiça para os camaradas. A verdadeira justiça proletária será fruto da conquista de um verdadeiro governo proletário.

Nenhum comentário