Manchetes do dia

O Marxismo e a Questão Negra

Da Rebelião por George Floyd a Luta Contra Bolsonaro

O Marxismo e a Questão Negra

https://www.youtube.com/watch?v=4xWor1XsMDo&t=150s


Clique aqui para acessar o vídeo O MARXISMO E A QUESTÃO NEGRA, que reproduzimos dos camaradas do Grupo Emancipação do Trabalho sobre o Marxismo e a Questão Negra.

O assassinato de George Floyd parece ter sido a gota d’água para uma explosão de descontentamento popular nos EUA e no mundo, contra o racismo, o capitalismo e o imperialismo.

Fazendo um paralelo entre a luta de classes e antirracista nos EUA e no Brasil, é esse o tema tratado na conversa entre Levi Pedro, operário da construção civil, do grupo Emancipação do Trabalho e Pedro Barbosa, ex-militante da oposição metalúrgica de São Paulo e do Movimento Negro Unificado, pesquisador de história e cultura afro-brasileira.

O Racismo do capital e a luta dos oprimidos.

Abordando sob o ponto de vista do marxismo o tema central da questão étnico-racial, a entrevista se estende para a pandemia e a crise do neoliberalismo; declínio da hegemonia dos EUA; governo Obama; o estado repressor genocida e policial tem como alvo a população negra; crítica de esquerda ao governo do PT, a insuficiência das políticas públicas burguesas para diminuir as desigualdades sociais; o fórum da igualdade racial; o assassinato do jovem João Pedro pela polícia no Rio de Janeiro; o protofascismo no Brasil e o extermínio da juventude negra; os trabalhadores africanos escravizados no Brasil para enriquecer as nações capitalistas e a diáspora africana; a coerção física, moral, psicológica da população negra contra a rebelião da fração mais oprimida da classe trabalhadora; reivindicação e crítica aos limites das cotas; das manifestações pacíficas a questão da autodefesa; manifestações bolsominios patrocinadas pelo capital financeiro; a Da Rebelião por George Floyd a Luta Contra Bolsonaro
O Marxismo e a Questão Negra

https://www.youtube.com/watch?v=4xWor1XsMDo&t=150s


Clique aqui para acessar o vídeo O MARXISMO E A QUESTÃO NEGRA, que reproduzimos dos camaradas do Grupo Emancipação do Trabalho sobre o Marxismo e a Questão Negra.

O assassinato de George Floyd parece ter sido a gota d’água para uma explosão de descontentamento popular nos EUA e no mundo, contra o racismo, o capitalismo e o imperialismo.

Fazendo um paralelo entre a luta de classes e antirracista nos EUA e no Brasil, é esse o tema tratado na conversa entre Levi Pedro, operário da construção civil, do grupo Emancipação do Trabalho e Pedro Barbosa, ex-militante da oposição metalúrgica de São Paulo e do Movimento Negro Unificado, pesquisador de história e cultura afro-brasileira.

O Racismo do capital e a luta dos oprimidos.

Abordando sob o ponto de vista do marxismo o tema central da questão étnico-racial, a entrevista se estende para a pandemia e a crise do neoliberalismo; declínio da hegemonia dos EUA; governo Obama; o estado repressor genocida e policial tem como alvo a população negra; crítica de esquerda ao governo do PT, a insuficiência das políticas públicas burguesas para diminuir as desigualdades sociais; o fórum da igualdade racial; o assassinato do jovem João Pedro pela polícia no Rio de Janeiro; o protofascismo no Brasil e o extermínio da juventude negra; os trabalhadores africanos escravizados no Brasil para enriquecer as nações capitalistas e a diáspora africana; a coerção física, moral, psicológica da população negra contra a rebelião da fração mais oprimida da classe trabalhadora; reivindicação e crítica aos limites das cotas; das manifestações pacíficas a questão da autodefesa; manifestações bolsominios patrocinadas pelo capital financeiro; a democracia burguesa; fascistas negros dentro da Fundação Palmares, na Câmara de Vereadores de São Paulo, no Congresso federal e homem-sombra de Bolsonaro; o mito da democracia racial; a reorganização dos supremacistas brancos e a necessidade de autodefesa contra o extermínio para garantir a política da paz e da alteridade; a luta revolucionária de Lenin e os bolcheviques e a degeneração etapista racista stalinista após os Processos de Moscou; a luta de Trotsky pela organização dos negros dos EUA pela revolução socialista; a revolução negra no Haiti; a luta por uma Revolução Socialista de Raça e Classe.

Clique aqui para acessar o vídeo O MARXISMO E A QUESTÃO NEGRA
https://www.youtube.com/watch?v=4xWor1XsMDo&t=150sdemocracia burguesa; fascistas negros dentro da Fundação Palmares, na Câmara de Vereadores de São Paulo, no Congresso federal e homem-sombra de Bolsonaro; o mito da democracia racial; a reorganização dos supremacistas brancos e a necessidade de autodefesa contra o extermínio para garantir a política da paz e da alteridade; a luta revolucionária de Lenin e os bolcheviques e a degeneração etapista racista stalinista após os Processos de Moscou; a luta de Trotsky pela organização dos negros dos EUA pela revolução socialista; a revolução negra no Haiti; a luta por uma Revolução Socialista de Raça e Classe.

Clique aqui para acessar o vídeo O MARXISMO E A QUESTÃO NEGRA
https://www.youtube.com/watch?v=4xWor1XsMDo&t=150s

Nenhum comentário